(Des)Culpa

17,00

Ler mais tarde
Ler mais tarde

Dados da obra

Data da publicação: 9 Junho, 2022

Páginas: 216

Idioma: Português

ISBN: 9789899106802

Depósito legal: 497822/22

Género:

Conheça um pouco da história

Sinopse

Até onde nos pode consumir a culpa?

Alice é uma jovem que aparenta ter a sua vida no rumo certo: divide casa com a sua melhor amiga Inês, tem o emprego que sempre sonhou e transparece felicidade. Ou, pelo menos, é assim que ela faz parecer.

A morte do irmão devastou-a e, assolada por um esmagador sentimento de culpa, entra numa espiral de autodestruição. Até chocar com Gabriel e os seus olhos castanhos, que lhe despertam emoções que julgava adormecidas.

A entrega ao amor e à paz que procura parecem estar ao seu alcance. Porém, os penetrantes olhos verdes do Jaime, seu amigo e namorado da Inês, ameaçam cada um dos passos que dá em direção à redenção.

Perdida em si própria e cometendo erro após erro, Alice tenta livrar-se dos fantasmas que a perseguem e impedem de ser feliz. Mas a culpa de que não se consegue libertar só a empurra cada vez mais na direção errada e a desculpa poderá não ser suficiente.

Conheça o autor

Helena Nunes nasceu a 6 de dezembro de 1993 em Santarém, cidade onde também se licenciou e ingressou no Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico. Desde cedo que começou a escrever poesia e contos curtos que partilhava com a família e amigos. Da compilação desses textos surgiu um blog, no qual ainda continua a partilhar a sua escrita e onde é notória a sua evolução como escritora ao longo dos anos. Atualmente é professora e procura que a escrita entre na vida dos mais pequenos. (Des)Culpa é a sua primeira obra, ansiada há muito tempo pelos seus leitores mais fiéis.

Descubra

Opinião de Leitores

1 Comentários

1 avaliação de (Des)Culpa

  1. Sara Pedro

    Uma escrita impecável que prende o leitor desde o início. O mistério em torno da personagem principal é mantido quase até ao fim com grande audácia. Temas atuais e com os quais nos cruzamos no nosso dia a dia, muitas vezes sem nos apercebermos ou pelos quais até, em algum momento da nossa vida, já passamos por eles. Ao longo da história vão existindo várias reviravoltas que nos vão aguçando cada vez mais a curiosidade.
    Contém uma mensagem muito forte fazendo-nos refletir no quanto viver com o sentimento de culpa e arrastar mentiras nos pode levar num caminho de autodestruição. No entanto, após chegarmos ao fim também nos leva a refletir que todos cometemos erros mas que podemos ser perdoados, desde que saibamos encará-los de frente e assumi-los. Recomendo vivamente, não se irão arrepender.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Somos a editora certa?

Mais do que nós dizermos, é ver por si. Saiba mais aqui.

Precisa de ajuda?

Pode nos contactar através do número ‭211 976 670‬.

Partilhe a sua opinião

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.