• img-book
    img-book

    Porque se sente o Camilo um vegetal?

Porque se sente o Camilo um vegetal?

O novo Coronavírus privou a liberdade do Camilo e a de todos nós. Mas o confinamento fez com que ele conhecesse o Rafael sem recurso às tecnologias. Ambos, com um pouco de criatividade, entenderam que os pequenos gestos podem tornar o mundo ainda melhor.

14,00

Ler mais tarde
Ler mais tarde

Género:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

SINOPSE

Ninguém esperava ficar privado de liberdade. Todos nós, assim como o Camilo e a sua família, tivemos de nos adaptar a esta nova realidade. Mas havia uma particularidade diferente na casa do Camilo. Infelizmente, a sua mãe testou positivo para o Coronavírus e teve de se isolar ainda mais. O Camilo sentia-se um vegetal por não se poder movimentar senão dentro das paredes do apartamento onde vive. Ele só podia utilizar o tablet uma hora por dia, era regra. Contudo, foi inacreditável como ele conheceu o Rafael que vive no outro lado da rua e como criaram um mecanismo que meteu toda a gente a comunicar. Eles reinventaram-se com um pouco de criatividade e entenderam que pequenos gestos podem tornar o mundo um lugar ainda melhor. Aprenderam que o bem dos outros também é o nosso bem. Entra nesta história e descobre que engenhoca estes dois pequeninos prepararam. 

Data da publicação: 26 Agosto, 2021

Páginas: 40

Idioma: Português

ISBN: 9789899052635

Depósito legal: 484498/21

Peso: 56 g

CONHEÇA UM EXCERTO DO LIVRO

SOBRE O AUTOR

Esta história é resultado de um processo quase laboratorial do meu próprio estado vegetal, ou vegetativo, que senti durante o confinamento obrigatório. Germinou posteriormente a um projeto performativo, intitulado por “Vegetal”, que propus a uma disciplina de Mestrado em Artes Cénicas que frequento na FCSH-UNL. Nasci a 6 de julho de 1991 em Ponta Delgada, Açores. Trabalho em Lisboa há pouco mais de três anos nas mais diversas áreas abrangidas pela minha Licenciatura em Estudos Artísticos pela UAB. Fui vencedor da 4ª Edição do Lab Jovem na categoria de Artes Cénicas com o projeto “Chat: Offline” de Dança Contemporânea. Hoje, trabalho como ator, cenógrafo, designer, programador cultural e, pela primeira vez, publico um livro, orgulhosamente. 

Ainda não existem avaliações.

PARTILHE A SUA OPINIÃO

Seja o primeiro a avaliar “Porque se sente o Camilo um vegetal?”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Entre na sua conta
Cordel d' Prata

Aceda aos seus dados, encomendas e wishlists ❤