Eterna Criança Dentro de Nós

Que neste dia tenhamos em mente que a eterna criança está dentro de nós, precisamos é de ouvi-la com atenção e cuidar bem dela e os livros constituem o passaporte ideal para viajarmos até o mundo mágico onde podemos encontrar essa criança.

Alison Jesus, autora do livro “Mara, a menina de boca doce”

Como é bom ser criança! Viver na era dos sonhos, dos porquês, das brincadeiras, das gargalhadas genuínas, da inocência, das descobertas e da curiosidade sobre tudo o que nos rodeia. Parece que tudo à nossa volta é mágico. Dizem que todos temos uma criança dentro de nós. Eu acredito muito nisso porém, infelizmente, muitos adultos esquecem-se de alimentar essa criança. Com a vida de adulto, acabam por deixar as brincadeiras de lado, a curiosidade pelo desconhecido e a importância de ver o lado mágico das coisas: de “ver com olhos de ver” e admirar as coisas belas do mundo.

Cada livro é uma história que nos transmite mensagens, viagens, sonhos, curiosidades, descobertas… Que acabam por ser ferramentas fundamentais na aprendizagem e evolução das crianças.

Alison Jesus

Quando aprendemos melhor? Certamente quando estamos motivados. O entusiasmo é o catalisador da aprendizagem. Se o processo não estiver a ser divertido, é muito provável que a lição não seja bem compreendida.

Por isso mesmo e ciente de que é mais fácil aprender os conceitos de uma alimentação saudável através de uma história do que simplesmente ouvir: “tens que comer fruta porque faz bem à saúde!”, é que surgiu a ideia de escrever um conto infantil. O objetivo é abordar a educação alimentar nos mais novos de uma forma apelativa, através da protagonista Mara, uma menina que adorava tudo o que era doce: bolos, chocolates, gomas, sumos e refrigerantes, e que descobre com a Nutricionista do avô Zé o maravilhoso mundo da alimentação saudável, ficando a conhecer os grandes amigos da nossa alimentação: os amigos hortícolas, a fruta e as leguminosas.

Para além disso, ela aprende 5 formas para praticar atividade física no seu dia-a-dia pois sabemos que o sedentarismo é uma realidade nas nossas crianças.

O conto é uma forma privilegiada de transmitir aos mais jovens mensagens educativas que, de outra forma, mais dificilmente encontrariam atenção e adesão àquilo que é pretendido transmitir. É um claro exemplo do papel dos livros: transmitir um conjunto de regras, truques e comportamentos, de forma quase lúdica e divertida, sem, no entanto, deixar que se perca a seriedade e importância das temáticas. Que neste dia tenhamos em mente que a eterna criança está dentro de nós, precisamos é de ouvi-la com atenção e cuidar bem dela e os livros constituem o passaporte ideal para viajarmos até o mundo mágico onde podemos encontrar essa criança.

Autoria: Alison Karina de Jesus. Autora e Nutricionista

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Entre na sua conta
Cordel d' Prata

Aceda aos seus dados, encomendas e wishlists ❤